Sobre

A música é uma paixão que nunca se extingue.

Houve um tempo, não muito longínquo, em que fui uma espécie de divulgador da nova música portuguesa, numa escala demasiado pequena para aquilo que era o meu desejo, mas ainda assim suficientemente relevante para levar a cabo esta minha demanda.

Tudo começou em formato blog “O Marsupilami”, onde publicava essencialmente entrevistas a bandas e projetos com grande qualidade, mas com pouca visibilidade. A recetividade das bandas, artistas e público em geral, eram um contributo importante para mostrar que este projeto fazia sentido e poderia marcar a diferença. O entusiasmo aumentava, ao ponto desse projeto ganhar ramificações, desde um programa de rádio numa emissora online, até duas revistas digitais, passando ainda por algumas colaborações.

No momento de afastamento social em que nos encontramos, incorri numa pequena viagem pelos arquivos desse projeto e percebi que ele nunca teve um fim. Até porque o fim nunca é, na realidade, um fim, mas sim o início de algo novo.

Nessa retrospetiva, entre 2007 e 2013, encontrei momentos importantes, que documentam uma fração no tempo da vida musical portuguesa e que não está documentada em mais lado nenhum. E não quero que isso fique apenas como uma memória difusa que facilmente se apagará.

Tudo isto, para dizer que é mais do que tempo de escrever um novo capítulo desta história. E neste novo capítulo irei documentar o passado juntando o presente para que seja uma memória duradoura no futuro.

Até porque o momento certo não foi ontem, nem será amanhã, é agora!

Jorge Resende